domingo, 24 de outubro de 2010

Crítica sobre "Mãe Coragem" em Montenegro

Nesta peça os atores se revezarão na atuação dos diversos personagens, cada qual oferecendo sua própria maneira de interpretação, a partir de suas experiências e vivências pessoais. Baseado neste revezamento, o destaque vai para o ator Gil Colares, que além de interpretar a melhor versão da Mãe Coragem, consegue se adaptar facilmente aos seus demais personagens, sendo que todos eles tem uma pitada brasileira na interpretação, diria baiana, um sotaque, que aproxima o público da peça. Destaco também a atriz Silvia Duarte, que tem um uma presença maravilhosa, além de um carisma natural, necessário ao teatro de rua, gostei muito da sua construção da personagem Catarina (Katrin) e das demais personagens.

Falta ajustar a unidade e coesão do grupo diante da magnitude deste tipo de concepção, acertar na triangulação com o público e fazer uma maior distribuição no espaço e que os atores possam se entregar em maior intensidade ao espetáculo, seguindo os passos de Gil Colares, ao meu ver o melhor em cena, mesmo sendo um ensaio aberto, ou seja, apostou e se entregou mesmo não sendo uma apresentação oficial. Saliento que um dos pontos positivos foi a utilização do cenário, uma "Kombi" adaptada, fazendo-se de carroção da Mãe Coragem, e sendo bem utilizada como espaço da encenação, onde os atores utilizam o espaço interno, externo e em cima, e ainda fazendo o papel de guarda-roupas e adereços da encenação, contribuindo para uma encenação rica plasticamente, tanto nos adereços quanto nos figurinos.

Fonte: Diego Ferreira http://escapeteatro.blogspot.com/

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

ESTRÉIA MUNDIAL - MÃE CORAGEM










Chegou o momento!!! Vamos estrear!! E é domingo, dia 24 de outubro, 11h na Redenção(Parque Farroupilha). Com direção de Javier Monah, trazemos um grande espetáculo de Brecht com a estética já consagrada do grupo Caixa Preta. Preparem-se para ver um Brecht africanizado, brasileiro e de rua! É a primeira experiência de rua do grupo e uma grande expectativa envolve a todos. Eu integro o eleco pela primeira vez como ator, já tendo participado da criação de figurinos junto a Adriana Rodrigues em Hamlet Sincrético 2005. Em Mãe Coragem, fazendo uso do distanciamento proposto por Brecht, 7 atores se revezam em cena na representação dos personagens. As introduções foram musicadas pelo Maestro Luiz André da Silva, a Produção é de Silvia Abre e Moisés Ramão e no Elenco:
Diego Niemar
Gil Colares
Lucila Clemente
Ravena Dutra
Rielli Dutra
Silvia Darte
Silvio Ramão

DICA: NÃO PERCAM!!!!!

domingo, 10 de outubro de 2010

Olha esta terra que gira junto a nós...




As vezes nos surpreendemos emocionados com coisas simples que podíamos ter a hora que quizéssemos e no entanto...nao temos. Uma simples tarde com minha mãe, minhas irmãs e meu joven sobrinho a beira do Guaíba foi um lindo despertar das coisas boas e realmente lindas da vida. O mundo gira cada vez mais rápido, passamos muito tempo no trabalho, na faculdade, nos cursos, nos outros compromissos e muito pouco com as pessoas que realmente importam. A terra gira sim e gira rápido, quando se vê já é noite, o sol já se pôs...mas para isto, houve o dia. Será que ele passou assim tão rápido mesmo? A mesma terra que gira trazendo a lua, antes trouxe o sol. O sol da nossa vida pode ser o sorriso de uma criança, o abraço de sua mãe, a companhia de sua irmã, o sentimento de família, de pertencimento, de meu cantinho...o importante é que seja aquele astro que vai estar sempre lá, mesmo quando estivermos distraídos com o brilho da lua. A terra pode continuar a girar e girar, a ciência pode continuar a evoluir, a lua pode se chegar cada vez mais cheia e bela, mas nada pode impedir que eu me banhe sempre no meu astro maior.
Ao assistir emocionado um belo por do sol em Porto Alegre sobre a silueta de minha mãe lembrei de Andrea Bocelli...e fica registrada a canção. Boa semana!


Fique por dentro! Diferença entre Racismo e Injúria Racial

Racismo é a discriminação social baseada no conceito de que existem diferentes raças. Injúria é a ação de ofender a honra e a dignida...